ARTIGOS

 
08 - Evangelismo em equipe

“A meta para as igrejas convencionais da atualidade é individualmente levar pecadores individuais a fazer uma decisão individual sobre uma fé individualista”, diz o historiador Richard Krautheimer quando comparou o Império Romano e a Liturgia cristã de Constantino. Mas o objetivo da Igreja Primitiva era uma evangelização corporativa. Na verdade, um princípio comum nos avivamentos é a presença de um trabalho em equipe. E um dos avivalistas-chave foi Josh Wesley, que disse, “O Cristianismo é uma religião essencialmente social. Convertê-lo em uma religião solitária vai destruí-lo, sem dúvida."

Acredito que a principal razão para o evangelismo corporativo é porque os discípulos são formados no processo. Os novos convertidos aprendem enquanto testemunham as ações de cristãos mais maduros. Dr. Win Arn afirma esta verdade quando diz: "Em nosso estudo de igrejas em crescimento, descobrimos que uma das características comuns é a elevada percentagem de relacionamentos íntimos entre os membros. Chamar isso de amor, amizade, . . . é o que na realidade mantém os seus membros. "Dr. Joel Comiskey diz algo semelhante em seu livro Crescimento explosivo da igreja em células:  "As células que têm seis ou mais encontros sociais por mês se multiplicam duas vezes mais do que aquelas que têm apenas um ou nenhum."(p. 31).

Espero ter deixado claro que o evangelismo corporativo ou em grupo é mais eficaz do que o evangelismo individual.

Por Angel Manuel Hernandez
Em 12 de Junho de 2013

 




Artigos por tema




Artigos por Autor