ARTIGOS

 
18-Encontrando a Pessoa de Paz – Parte 2

Lucas 10.7 (NVI) "Fiquem naquela casa, e comam e bebam o que lhes derem, pois o trabalhador merece o seu salário. Não fiquem mudando de casa em casa." 
Semana passada lhes apresentei Pete, o homem de paz que conheci ao frequentar o McDonalds de minha cidade. Estabelecendo um relacionamento com ele, continuei a ir ao McDonalds para edificar sobre este relacionamento. Fui lá todos os dias, e um dia percebi que Pete não estava lá — ouvi falar que ele estava no hospital da cidade.

Fui visitá-lo no hospital, e estando lá, compartilhei o evangelho com ele. Daquela vez ele me disse: “Não acredito nessas coisas”. Fiquei desapontado, mas continuei a visitá-lo e a demonstrar cuidado para com ele. Logo depois, ele foi parar em uma casa de repouso, onde continuei a visitá-lo.

Senti que ele não tinha muito tempo de vida. Eu tinha o áudio das crianças da igreja cantando, e levei-o para Pete. Quando ele ouviu, começou a chorar — foi profundamente tocado. No dia seguinte, quando voltei ao local, ele estava sentado na beira da cama e disse: “Como eu queria começar minha vida de novo.” Eu disse a ele que era possível. Jesus queria dar a ele um novo começo.

Foi quando compartilhei o evangelho de novo e ele abriu seu coração para Jesus. Eu disse a ele que enquanto eu vivesse, contaria sua história. Dez dias depois, ele morreu, e somente porque eu pude construir este relacionamento com ele, seus únicos parentes vivos pediram que eu pregasse em seu funeral. Não apenas eu preguei no seu funeral, mas todos os seus amigos do McDonalds estavam lá para ouvir a história de Deus, que agora era a história de Pete. Tudo começou porque eu pedi a Deus que me guiasse até uma pessoa de paz e fizesse o que Ele me levasse a fazer. Aqui estão algumas lições que aprendi:

Pessoas não são projetos —  Fique com elas, mesmo que inicialmente rejeitem o evangelho. Mostre a elas que você se importa e que você é um amigo de todas as horas.

Ore e nunca desista – Continue a orar diariamente pela pessoa e continue a procurar por oportunidade para dar o seu testemunho.

Fidelidade gera oportunidade — À medida que você amar e servir fielmente essa pessoa de paz, Deus vai lhe dar oportunidade de compartilhar com outras pessoas a partir desta.

Existe algo no estar com a pessoa, estar em uma vizinhança. Nós aplicamos esse princípio nas nossas células. Não mudamos de casa, mas nos estabelecemos em uma vizinhança. Queremos influenciar todo um bairro, e não somente uma pessoa. Comece orando por olhos que enxerguem a pessoa de paz, e quando Deus lhe mostrá-la, fique com ela e aguarde grandes acontecimentos.

Michael Sove
31 de outubro de 2012

 




Artigos por tema




Artigos por Autor