Home
   EVENTOS-Fotos
   Compartilhando
   Notícias
   Artigos
   Agenda de eventos
   Loja Virtual
   Motivos de oração
   Dicas Joel Comiskey
   Ferramentas
   Trabalho/Conjunto
   Contato

      Está na hora de mudar o nome CÉLULA?

JCG Julho 2008 Newsletter, www.joelcomiskeygroup.com


Tenho refletido a respeito do nome CÉLULA ultimamente. Será que devemos continuar a usar a palavra CÉLULA?

Algumas semanas atrás, revisei o livro que Ralph Neighbour lançará em breve, Christ’s Basic Bodies [Corpos Básicos de Cristo] (O Ministério Igreja em Células planeja publicar este livro no 2.º semestre de 2009). Neighbour, o guru do ministério igreja em células, crê que está na hora de mudar o nome CÉLULA para “Corpo Básico de Cristo”. Ele está preocupado com o sentido da palavra CÉLULA, que foi perdido, e que aqueles que a empregam deixam de compreender a realidade da presença de Cristo no grupo.

Na mesma época, Eric Glover, o novo pastor de nossa igreja, Wellspring, convidou seu vizinho para visitar uma de nossas CÉLULAS. Este reagiu negativamente, porque pensou que se tratava de uma organização terrorista. Como equipe pastoral, nos reunimos para refletir a respeito do termo CÉLULA. Que palavra melhor poderíamos usar?

Alguns usam “grupos pequenos holísticos” para definir suas CÉLULAS. Rob Campbell, pastor e fundador de Cypress Creek Church usa o termo GRUPOS DO CORAÇÃO (sigla HEART, que em inglês representa Lar, Encorajamento, Prestação de Contas, Relacionamentos e Ensino).

Pensamos em dar o nome GRUPOS VIDA (sigla LIFE em inglês, que significa Vivendo em Comunhão para Evangelizar) aos grupos de nossa igreja de Wellspring.

Como pode ver, não estou amarrado à palavra CÉLULA. Entretanto, estou comprometido com a definição de uma CÉLULA. Creio que a CÉLULA é um “grupo de 3 a 15 pessoas que se reúne semanalmente fora do prédio da igreja com o propósito de evangelizar, ter comunhão e crescer espiritualmente, com o objetivo de se multiplicar”. As igrejas em células em crescimento ao redor do mundo seguem essa definição quase à risca.

Minha convicção é de que devemos ser flexíveis em relação ao nome que queremos usar para descrever nossos grupos, embora devamos ter firmeza em relação ao seu significado ou definição.

Em minhas viagens por todo o mundo, observei que a maioria das igrejas continua a utilizar a palavra CÉLULA para descrever seus grupos pequenos. É difícil escapar da influência de David Cho, o fundador moderno do movimento igreja em células. Ele cunhou o termo CÉLULA para descrever seus grupos nos anos 70 e o movimento igreja em células ao redor do mundo ainda faz uso desse título.

Quero advertir, no entanto, a NÃO usar um nome que enfatize apenas uma das características do grupo. Por exemplo, grupos de comunhão, de apoio, grupos comunitários, ou até mesmo grupos evangelísticos descrevem apenas um aspecto do grupo — e por isso o próprio nome pode confundir as pessoas.

Recomendo escolher um nome que expresse toda a dinâmica do grupo.

      [Anterior] [53] [54] [55] [56] [57] [58]