ARTIGOS

 
22 - O Evangelismo nos Transforma

Tenho o grande privilégio de pastorear uma igreja de introvertidos. É um exagero, porque tenho algumas ovelhas bem comunicativas. De um modo geral, as pessoas na nossa igreja estão felizes do jeito delas, e preferem de longe ficar em casa do que sair ou ir à festas.

Então eu sei que quando pensamos em alcançar o perdido, isso será um grande desafio para nós, incluindo a mim mesmo. Você pode ter a certeza de que pregar nas ruas não é o nosso perfil, a não ser que seja um grande milagre do Espírito Santo.

Descobri através dos anos que o planejamento para o evangelismo de fato nos aproxima de Cristo e nos ajuda a aprofundar a nossa fé. Por essa razão, é como uma disciplina espiritual que nos faz crescer.

Eu encorajo todas as células a terem uma lista de oração de pessoas que elas creem que estão sendo indicadas pelo Senhor para intercessão. Peço aos membros para orarem sobre quem eles deveriam colocar na lista. Então reunimos todos em uma única lista, e logo estamos orando por uma dúzia de pessoas, tanto em nossas orações individuais quanto em grupo.

Planejar um evento de evangelismo também requer oração sobre o que devemos fazer, quem devemos convidar, o tempo e a coragem para convidar alguém.

Satanás está empenhado em impedir nossos objetivos, e ele e os demônios resistirão ao processo evangelístico. Parece que todos os demônios da criação se colocam entre nós e a pessoa que queremos convidar. Finalmente, damos um salto de fé e lançamos o convite.

O evento acontece e esperamos que tenha sido uma boa experiência para todos os envolvidos. Então vamos para casa e ao relembrar as conversas, percebemos que tivemos umas vinte oportunidades de compartilhar o evangelho, mas não as aproveitamos. Talvez da próxima vez estaremos mais conscientes dos toques do Espírito Santo.

Na próxima semana, o amigo menciona o quanto ele gostou de participar do piquenique/churrasco/caminhada e ficou graciosamente surpreso pelo fato de que os cristãos não são tão estranhos quanto ele achou que fosse.

Sem perceber, todo o processo do evangelismo nos faz crescer em nossa dependência do Espírito Santo. Pela graça de Deus, nós os ajudamos a estar um passo mais perto do Reino, e no processo nós ficamos muito mais perto do Rei.

Como diz o meu filho mais jovem, “é vencer ou vencer!”

Por Keith Bates
Em 03 de Julho de 2013

 




Artigos por tema




Artigos por Autor