ARTIGOS

 
19 - A transparência que precede a edificação e o evangelismo

1 Coríntios 14.24-25 descreve uma reunião de célula “perfeita”. A comunidade está sendo observada pelas pessoas que buscam a paz (“incrédulo ou indouto”) e todos estão “profetizando” (isto é, edificando, exortando, encorajando (14.3). A presença sobrenatural de Cristo, a Cabeça do Corpo, é tão poderosamente manifestada que os “segredos do coração do descrente serão expostos. Assim, ele se prostrará, rosto em terra, e adorará a Deus, exclamando: "Deus realmente está entre vocês!” Isso descreve o EVANGELISMO E A VIDA DO CORPO em ação. O poder dos dons espirituais manifestado por meio do profetizar dos membros convence o descrente.

O que não é mencionado neste versículo que deve preceder o profetizar? A confissão de questões que necessitam de edificação, exortação ou encorajamento! A transparência entre os membros pode causar tanto falhas (Tiago 5.16), quanto pecados a serem confessados (1 João 1.9)

Considere o choque que os observadores não cristãos sentem quando falhas e pecados são compartilhados e confessados abertamente pelos cristãos. Eles então observam como os cristãos ministram a cada questão, manifestando os dons sobrenaturais de Cristo (contribuição, serviço, socorro, discernimento de espíritos, cura, palavra de conhecimento, etc, etc)

Como uma célula pode alcançar esse nível de transparência? Simplesmente transformando partes do corpo desmembradas em braços e pernas intimamente ligados. De acordo com 1 Corintios 12.13, esse é o trabalho do Espírito Santo e envolve cada pessoa sendo preparada para buscar o interesse dos outros” (Filipenses 2.14)

É minha convicção que o grupo deve passar pelo Estágio do Conflito descrito por Jesus em Mateus 18.15-17 antes que a transparência seja experimentada. Ao lutar com os conflitos entre os membros e encontrar o quebrantamento como um estilo de vida, o compartilhar honesto iniciará.

Há alguns anos, na nossa célula na Carolina do Sul, alcançamos tal intimidade. Uma mulher compartilhou sua confissão. Ela tinha um cargo de confiança no governo, contatando executivos de empresas para oferecer benefícios, caso eles quisessem abrir fábricas no estado. Isso exigia que ela viajasse para cidades distantes, onde as negociações poderiam durar dias. Com lágrimas, ela confessou sua infidelidade no passado para fechar alguns negócios. Ela nos pediu que orássemos com ela para que ela mantivesse a honestidade na sua próxima viagem. Nós levantamos uma vigília de oração para interceder por ela. Vitoriosamente, ela assinou um grande contrato sem cometer pecado na viagem. No seu retorno, fomos buscá-la com uma faixa: “Bem-vinda de volta, Vitoriosa!”

Nossa célula recebeu a visita de um casal que ainda não havia decidido seguir a Cristo. Eles vieram exatamente no dia em que ela compartilhou sua história e viram os resultados: isso levou os dois a se tornarem discípulos de Cristo.

Muitas vezes, as células vivem em um nível inferior de transparência e nunca experimentam a Presença e o Poder transformadores. É muito importante que ela seja treinada e alertada acerca da necessidade crítica da transparência.

Por Ralph Neighbour
Em 28 de Junho de 2013

 




Artigos por tema




Artigos por Autor