ARTIGOS

 
02- O que Jesus faria

O que Jesus faria? Essa foi a questão levantada por Charles Sheldon em seu famoso livro, Em Seus Passos, Que Faria Jesus? O que Jesus faria hoje, se ele vivesse em sua vizinhança? Na sua cidade? Se participasse em sua igreja?

Primeiro, eu acredito que ele passaria a maior parte do seu ministério onde as pessoas vivem, em suas casas. Ele não esperaria que as pessoas viessem até ele de forma religiosa. Jesus não sentaria em seu escritório, em uma jornada semanal de 40 horas, resolvendo os negócios da igreja. Ele estaria com as pessoas.

Em segundo lugar, ele não procuraria maneiras de estabelecer a igreja como uma estrutura poderosa. Jesus veio para proclamar o governo de Deus na terra. Enquanto os discípulos procuravam por uma revolução para substituir o governo da época, Cristo veio para transformar as pessoas, com o intuito de transformar a sociedade. Ainda que Jesus tenha curado e realizado muitos milagres como sinal do poder de seu Reino, seu principal objetivo foi formar uma nova família, a igreja.

Jesus se concentrou em desenvolver um pequeno grupo de futuros líderes, em vez de tentar mobilizar as massas para conquistar poder. Se ele estivesse liderando a igreja hoje, estaria mentoreando e desenvolvendo um pequeno grupo, e ensinando-os a viver como parte da família de Deus.

Jesus utilizou as casas existentes, tanto como base do seu próprio ministério, como uma forma de estratégia evangelística. Cristo focou nas casas porque ele sabia que quando as famílias fossem restauradas para um relacionamento com Deus, sua mensagem teria impacto na eternidade.

Jesus não convidou as pessoas para ser parte da multidão. Ele convidou-as para se tornarem discípulos, e parte da sua nova família.

Jesus também instruiu os discípulos a penetrar nas casas (Lucas 9.1-6; 10.1-12). Ele os ensinou a alcançar regiões inteiras por meio do estabelecimento da igreja nas casas. Ele os convidou a encontrar as pessoas de paz e entrar completamente em uma casa, e não ir de porta em porta. Da base de uma casa, eles poderiam penetrar no resto da cidade.

O que isso pode significar para você e sua liderança? Deixe-me oferecer alguns pontos negativos e positivos. Uma nota positiva: Estabeleça células-chave onde a paz de Cristo reine de forma soberana. Não saia da casa até que tenha bases fortes, até que as células sejam estabelecidas onde Deus chamou você.

Uma nota negativa, evite depender de construções ou estruturas prontas, especialmente quando se requer que você contraia dívidas para isso. Em vez disso, foque no governo de Cristo para as vidas de sua congregação, e baseie seu crescimento na infraestrutura das células, que irá estabelecer a qualidade e quantidade do seu culto de celebração. Exatamente da forma que Cristo usou as casas em seus dias, como base primária do seu ministério, nós podemos estabelecer células que sejam como famílias, que trarão cura e saúde para a família de Deus, sua igreja.

Este mês, no Blog Joel Comiskey, vamos explorar as questões entre Jesus e a igreja em células. Pastores experientes de igrejas em células vão escrever 20 artigos sobre o tema no mês de outubro. Se você deseja receber esses arquivos em seu email, por favor, cadastre-se AQUI (http://www.feedblitz.com/f/?Sub=142259). Vamos abordar:

· Semana 1 (7 a 13 de outubro): Priorizando a casa: Jesus priorizou a casa para alcançar e transformar as pessoas. Pelo menos 19 vezes, vemos Jesus ministrando na casa. Ele tinha uma igreja-sede na casa de Pedro, mas também se estabeleceu em casas diferentes (ele não acampava ao ar livre!).

· Semana 2 (14 a 20 de outubro) Ministério em Equipe: Jesus enviou seus discípulos em equipes (Lucas 9.1-6 e 10.1-11). Até mesmo Jesus teve a sua equipe de três e Paulo ministrou em equipes. Aliás, liderança no Novo Testamento é sempre no plural.

· Semana 3 (21 a 27 de outubro): Pessoas de Paz. Em Lucas 9.1-6; 10.1-11, Jesus falou sobre as pessoas de paz. Em outras palavras, Jesus disse aos discípulos que procurassem por encontros divinos. Jesus orientou os discípulos que encontrassem pessoas abertas à mensagem do evangelho. Essa mensagem de paz, na verdade, é a mensagem do Reino, e todos aqueles que recebem o Reino de Deus serão bem-vindos.

· Semana 4 (28 de outubro a 3 de novembro): Alcançar uma região inteira por meio da multiplicação das células. Jesus disse aos seus discípulos para não ficarem se movendo de casa em casa. Por quê? A chave aqui é entrar profundamente na vizinhança, e a partir dali, a região inteira poderia ser alcançada por meio da expansão dessas células.

Você está seguindo a visão de Cristo hoje? Você está penetrando na sua vizinhança e local de trabalho com a mensagem do evangelho por meio das células?

Joel Comiskey
08 de outubro de 2012

 




Artigos por tema




Artigos por Autor