Home
   EVENTOS-Fotos
   Compartilhando
   Notícias
   Artigos
   Agenda de eventos
   Loja Virtual
   Motivos de oração
   Dicas Joel Comiskey
   Ferramentas
   Trabalho/Conjunto
   Contato

      Evitando as armadilhas do ministério de células



Eu moro no deserto, o que significa que a temperatura sobe no verão e cai no inverno. Você já tentou plantar grama no deserto e mantê-la verde? Não é fácil.

Muitas vezes sou tentado a desistir, especialmente durante os meses de verão quando as ervas daninhas são abundantes. No entanto, considero como desafio conservar grama de verdade em vez de lidar com mato, como é o caso em muitos jardins ao redor daqui. Na verdade, esse fato se tornou uma experiência espiritual para mim porque frequentemente penso nas muitas aplicações para a igreja em células quando estou pulverizando o mato, plantando grama nova, adubando ou regando o jardim.

Tomar conta da grama é trivial comparado a cuidar de líderes de célula ou pastorear uma igreja. São parecidos, porém, pois ambos exigem atenção, estratégia e trabalho diligente.

Muitas igrejas em células não cuidam suficientemente de suas células e líderes de célula. Os líderes de célula são deixados à própria sorte e com frequência desenvolvem “manchas marrons e secas”. Outras igrejas em células regam demais, exigindo que seus líderes estejam fora de casa todas as noites da semana. Algumas igrejas não adubam seus líderes por não desenvolverem suas atuais capacidades nem oferecerem treinamento para o próximo nível.

Na igreja em células há muitos tipos diferentes de ervas daninhas. Para vê-las e identificá-las, o supervisor deve interagir com o líder, sua família e a própria célula. O supervisor deve observar o líder em uma variedade de circunstâncias para realmente compreender o que está acontecendo.

Em março, no blog JCG, vamos explorar como cuidar apropriadamente de células e líderes de células. Veremos como identificar problemas relativos à célula antes que eles destruam o ministério de células. Pastores experientes de igrejas em células escreverão 20 blogs sobre o assunto.

  • Semana 1 – Problemas na dinâmica da célula. Algumas células são totalmente disfuncionais. As “ervas daninhas” da célula podem ser um membro com problemas emocionais, um falante, ou uma atmosfera doméstica demoníaca. Ignorar os problemas existentes levará a mais dificuldades. Iremos identificar vários problemas e oferecer iluminação bíblica de como lidar com essas questões.
  • Semana 2 – Desânimo. Talvez o líder ou os membros esperassem resultados muito melhores e agora estão pensando em desistir. Talvez a constante falta na frequência esteja gerando profunda frustração. Talvez a equipe de liderança não houvesse se dado conta que liderar a célula exigiria tanto trabalho. Veremos como supervisores, pastores e líderes podem lidar com o desânimo modelando a visão, mentoreando e lembrando líderes das motivações bíblicas apropriadas.
  • Semana 3 – Falta de conhecimento de liderança. Às vezes, “pensamos” que o líder foi treinado, mas na realidade ele não sabe como fazer perguntas, conduzir outros a compartilhar ou até como se preparar para a lição da célula. Uma vez que o problema é reconhecido, o supervisor pode oferecer aconselhamento ou treinamento específico para lidar com a questão.
  • Semana 4 – Problemas pessoais. Às vezes o problema no grupo está relacionado com a vida familiar do líder, problemas em casa, dificuldades financeiras, ou questões de pecado. Os supervisores precisam ouvir de Deus, descobrir o que realmente está ocorrendo e então agir. Oração, consolo e prestação de contas frequentemente são as melhores maneiras de ajudar. Quando houver pecado envolvido, o supervisor também deve considerar os que são negativamente afetados dentro do grupo (não somente o líder). Em alguns casos, é melhor para o líder que ele deixe a liderança e trate do problema de seu pecado.
  • Semana 5 – Desgaste. Às vezes as células se tornam disfuncionais porque o líder está desgastado. Ele pode ter ótimas intenções, mas não viver um estilo de vida equilibrado. Por exemplo, alguns líderes deixam de tirar um dia de folga, gastar tempo qualitativo com Deus e não priorizam suas famílias. Seu solo é fraco e o seu trabalho improdutivo pode levar ao desgaste.

 

Compartilhe suas experiências com as armadilhas no ministério de células. Como você as evitou e o que está fazendo no momento para andar em vitória?

Joel Comiskey

      [Anterior] [1] [2] [3] [4] [5] [6] [7] ... [58] [Próxima]